Resolução do CFM sobre telemedicina gera repercussão junto aos conselhos regionais

A nova resolução do CFM autorizando o uso da Telemedicina para consultas causou surpresa em muitas entidades médicas regionais, como o CREMERJ, o CREMESP e o SIMEPE.

Confira as notas oficiais emitidas pelas entidades:

CREMERJ

O CREMERJ informa que o Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou a Resolução número 2.227/2018, que autoriza a realização de consultas online, telecirurgias e telediagnósticos, entre outras formas de atendimento à distância.

O CREMERJ reitera que não participou da elaboração da medida e que tem inúmeras criticas e sugestões para a melhor incorporação dessa tecnologia a boa prática médica e para a saúde da população.

CREMESP

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou na mídia a Resolução nº 2.227/2018, que autoriza a realização de consultas online, telecirurgias e telediagnósticos, entre outras formas de atendimento à distância. O Cremesp não participou da elaboração da medida e discutirá as críticas à resolução com outros conselhos regionais nesta semana, sempre com o objetivo de defender a boa prática médica e a assistência de qualidade a população. 

SIMEPE