CREMERJ passa a ter acesso ao SisReg

fonte: CREMERJ

O CREMERJ terá acesso ao Sistema de Centrais de Regulação (SISREG). A subsecretária municipal de Saúde Claudia Lunardi, responsável pelo sistema, franqueou acesso do Conselho plataforma como visualizador, em reunião nesta segunda-feira (25), na sede do CREMERJ. Assim, o Departamento de Fiscalizações (Defis) do Conselho passará a ter informações sobre as filas e a disponibilidade de leitos nas unidades. O mesmo acesso já é oferecido ao Ministério Público.

Os dados públicos do SISREG ficam disponíveis no portal “Transparência do SISREG”, sem identificação dos pacientes, que são cadastrados pelo número do cartão nacional de saúde. Os dados a que o CREMERJ terá acesso são mais detalhados, mas também mantêm a privacidade dos pacientes. As informações permitem ter uma visão macro das filas e das unidades.

“Há acessos pelo SISREG para administrador e para regulador. Os dados públicos no Portal da Transparência são um espelho da plataforma. Com o acesso de visualizador, o CREMERJ poderá ter ideia do mapa de leitos, abrangendo número de leitos livres, leitos disponíveis para regulação, tempo de permanência do paciente no leito e outros dados”, explicou Claudia Lunardi. Segundo ela, esse tipo de acesso serve apenas para observação, não permite alterar o sistema.

Para o presidente do CREMERJ, Sylvio Provenzano, esses dados serão especialmente importantes no âmbito das fiscalizações. “É comum que a direção da unidade fiscalizada nos sonegue informações. Assim teremos como verificar a situação dos leitos e até mesmo direcionar melhor a fiscalização”, comentou.

Participaram também da reunião a vice-presidente do Conselho, Célia Regina da Silva e os diretores Flavio Antonio de Sá, Beatriz Costa, Luiz Fernando Nunes e Ricardo Farias.